VISORAMA

Gustavo Pizzi
Gustavo Pizzi estudou cinema na UFF - Universidade Federal Fluminense e trabalha com cinema desde 1996. É produtor de filmes como "L.A.P.A", "7 minutos", "A Distração de Ivan" e diretor dos filmes "Pretérito Perfeito" e "Riscado".




Marianna Rhosa

Formada em Artes Cênicas, Belas Artes com licenciatura em Cenografia e bacharel em Cinema, mestrando em Linguagem Cinematográfica, tem sem seu currículo trabalhos como Paidecendo no Paraíso (GNT), Claro que é Rock (MSW), Quando éramos Virgens (GNT), Nossa Senhora do Caravaggio (longa – 35mm), Guerra do Paraguai (animação em 35mm) entre outros. Artista multifacetada, palestrante e coordenadora - projeto Cel.U.Cine, sobre novas plataformas tecnológicas audiovisuais. Dirigiu a primeira websérie brasileira Desenrola Aí, o DVD Tributo à Rita Lee, dezenas de clipes e curtas. Concorreu ao Prêmio Converge de Inovação Digital 2010.


FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS

Marcelo Yuka
Considerado um dos maiores compositores da década de 1990 e reconhecido como um importante líder social, a atuação política de Marcelo Yuka por meio da arte remete ao começo de sua carreira. Baterista, Yuka ajudou a formar uma das mais inovadoras e politizadas bandas dos anos 90, O Rappa. Foi o responsável por sucessos como “Minha Alma” e “Tribunal de Rua”, mas teve sua trajetória brutalmente interrompida por uma rajada de balas que o deixou paraplégico em 2000. Após enfrentar momentos de dor, revolta e depressão, ressurgiu ainda mais criativo e instigador.



Tetê Mattos

Niteroiense, é mestre em Ciência da Arte pela Universidade Federal
Fluminense, e professora do Departamento de Arte desta Universidade.
Integra a diretoria do Fórum dos Festivais desde 2005. Dirigiu os documentários premiados "Era Araribóia, um Astronauta?" e “A Maldita”. Realiza trabalhos de curadoria para vários festivais no Brasil e é diretora do Araribóia Cine – Festival de Niterói, que encontra-se na XII edição.


CINEMA DA GEMA
Marcelo Yuka
Tetê Mattos

© 2018 VisĂ”es PerifĂ©ricas | Rivello/Menta